INICIOU SUA OBRA EM MEIO A PANDEMIA? SAIBA O QUE FAZER!

08/mai
Categorias:

INICIOU SUA OBRA EM MEIO A PANDEMIA? SAIBA O QUE FAZER!

 

O Coronavírus não surgiu de um dia para o outro; a China, por exemplo, já está há pelo menos 4 meses tentando contê-lo.

Ainda assim, milhares de pessoas foram pegas desprevenidas; de uma hora para a outra, foram impostas uma série de medidas de distanciamento social que afetaram uma ampla gama de atividades corriqueiras.

Um ótimo exemplo disso são as pessoas que estavam construindo ou reformando logo antes dessas medidas serem impostas; para essas pessoas, tudo corria normalmente até que elas se viram diante de um impasse: pausar a obra e e zelar pela saúde ou finalizá-la e colocar a segurança dos moradores e trabalhadores em risco?

Antes de mais nada, podemos adiantar: não é um dilema de fácil solução.

Com o intuito de ajudar aqueles que se encontram nessa situação a encontrar a melhor solução possível, a equipe da Lajoteiro preparou um apanhado de dicas para ajudá-lo a tomar a decisão mais assertiva para o seu caso.

 

DEVO PAUSAR A MINHA OBRA OU NÃO?

Infelizmente não há resposta direta para essa pergunta; cada obra é única, portanto é impossível afirmar que todas as obras devem ser pausadas ou que todas devem seguir adiante; o melhor para uma situação não necessariamente será melhor para outra.

Há obras que precisam ser executadas rapidamente por questões de segurança; essas não devem e não podem ser pausadas — elas podem inclusive ser categorizadas como serviços essenciais.

Outras, no entanto, podem esperar; elas são fundamentalmente estéticas e o seu adiamento não causará impacto e/ou risco à saúde daqueles que estão na edificação.

Sendo assim, a melhor forma de avaliar se a obra deve ser pausada ou continuada é pesar os prós e os contras de cada situação. Para tanto, algumas variáveis devem ser levadas em consideração:

 

  • A minha obra é urgente? Se eu pará-la, existe risco de que o problema piore ou até mesmo de que a minha vida seja colocada em risco?
  • Algum dos materiais utilizadas em minha obra irão estragar se ela for pausada?
  • Minha obra requer um grande número de trabalhadores ou ela pode ser executada com mão de obra reduzida?
  • O condomínio e/ou sociedade na qual eu vivo impôs alguma regra de restrição quanto a esse tipo de serviço? Muitos prédios e condomínios de casa proibiram a realização desses serviços durante a quarentena;
  • Eu tenho todo o material de que preciso para levar a obra adiante? Se for preciso adquirir algo, é possível que eu não consiga, haja vista que a maior parte das lojas estão fechadas. Assim, só vale a pena seguir adiante com a obra se eu tiver tudo que preciso à mão.

 

No final das contas, portanto, a resposta para essa pergunta virá do resultado da seguinte equação: os benefícios de continuar a obra superam os malefícios? Caso a resposta seja sim, siga adiante; se for não, é melhor pausar a obra.

 

FICOU COM DÚVIDAS? FALE CONOSCO!

Você está com uma obra começada e sem saber o que fazer nesse momento tão distinto de nossas vidas? Não se desespere; entre em contato com a equipe da Lajoteiro e converse com a nossa equipe acerca de quais é o melhor curso de ação a ser tomado durante esse momento.

Para aqueles que não sabem, somos uma empresa que opera há décadas no mercado da construção civil e, apesar de nunca termos passado por uma situação semelhante a essa, já vimos um bocado de coisas ao longo dos anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *